• ABP

Vamos falar sobre suicídio? Entenda o que é e quais são os sinais!



O suicídio, atualmente, ainda é um assunto tabu na sociedade e isso é muito errado. A sociedade precisa entender o que é e falar sobre o assunto com o objetivo de combatê-lo e fazer com que os números de casos diminuam em todo o mundo.


De acordo com a última pesquisa realizada pela Organização Mundial da Saúde - OMS em 2019, são registrados mais de 700 mil suicídios em todo o mundo, sem contar com os episódios subnotificados, pois com isso, estima-se mais de 01 milhão de casos. No Brasil, os registros se aproximam de 14 mil casos por ano, ou seja, em média 38 pessoas cometem suicídio por dia.


Os números são alarmantes! Um dos primeiros passos para ajudar neste combate, é entender o que é e quais são os sinais.


O suicídio pode ser definido como um ato deliberado executado pelo próprio indivíduo de forma consciente e intencional, cuja finalidade é a morte usando um meio que ele acredita ser letal. O suicídio é um fenômeno presente ao longo de toda a história da humanidade, em todas as culturas.


Para reconhecer que uma pessoa está precisando de ajuda é necessário ficar atento aos sinais. O presidente da ABP, Antônio Geraldo da Silva, explica quais são é impossível saber, mas grande parte das pessoas que já tentou suicídio ou se suicidou procurou ajuda antes do ato.


"As pessoas com ideação suicida dão sinais que são pedidos de ajuda, através de frases e ações. Alguns comentários que demonstram desespero, desamparo e desesperança, como 'eu desejaria não ter nascido', 'eu preferia estar morto', 'caso não nos encontremos de novo', além de comportamentos como o isolamento social, alterações de humor, impulsividade, baixa autoestima e a organização de despedidas podem ser sinais de alerta."


Participe conosco, divulgue a campanha entre os seus amigos e nos ajude a salvar vidas, pois a vida é a melhor escolha!